sábado, 28 de janeiro de 2017

Motivação?

O que te motiva? Em uma conversa com um professor de inglês, comecei a pensar nisso. Afinal, como você quer se ver daqui a cinco, 10 anos? Não estou aqui para dar lição de moral, tanto que eu não faço ideia de como me vejo daqui alguns anos.

A vida é muito complexa. Um ano inteiro vem por aí, mas se a gente parar para analisar, janeiro já se foi.  Quando era adolescente e ingênuo, tinha sonho de ser grande. Nunca parei para pensar o que significa ser grande. Ser importante para alguém, talvez seja um bom pontapé para ter uma vida tranquila. Mas eu só quero ser bom nas coisas que faço, mas apesar desse desejo, não consigo me dedicar.

Cigarros, café e ansiedade. Acho que essa é uma simples definição da minha vida. Apesar de vaga, é o que mais faço. E nas horas vagas, jogo futebol, converso ou assisto séries/filmes. E essa é uma vida empurrada com a barriga há muito tempo.

Talvez não ter ambição seja interessante. Mas para meu potencial é muito pouco. Preciso dar um norte na minha vida e ficar bom. De uma forma ou de outra. Mas para isso, preciso encontrar um norte, um planejamento ou algo do tipo. Falta isso.

Nenhum comentário: