quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Namorar é como uma montanha--russa

Namorar é como uma montanha-russa. No começo é da hora, você abre o sorrisão e fica com cara de tonto. Aí vem a primeira subida, do alto você observa como as pessoas abaixo daquilo são pequenas. Então vem a descida, dá aquele puta frio na barriga, mas você sorri de novo ao chegar mais uma subida. Depois disso, vem uma série de subidas e descidas, até que você enjoa e vomita. Após o vômito, meu amigo (a), você só passa mal e não espera a hora disso acabar.

Nenhum comentário: