quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Como a vida é frágil


Em questão de segundos, a sua vida pode simplesmente acabar. Ver jogadores como Cléber Santana que para quem ama futebol, viu a carreira do cara de perto, saindo do Santos e depois indo para a Espanha, e se reerguendo na Chape, o time que mais chamou atenção nos últimos anos.

Vários meninos de vinte e poucos anos, a um passo de irem para equipes grandes e darem um respaldo financeiro para sua família. Todos a um passo do sucesso. Todos a um passo da glória. Tudo isso ir para os ares de uma hora para outra.

É triste. É lamentável. É doloroso. E faz pensar como temos que aproveitar cada dia como se fosse o último.

Nenhum comentário: