sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Só quero que o dia termine bem

Já passou a época em que esperava coisas grandiosas do meu dia, e olhe só, nem faz tanto tempo assim. Porém, vejo que a cada girar do Sol, estou mudando, não sei se para melhor ou para pior, seria até arrogância querer deduzir isso.

Vejo os amigos de ontem ficando para trás, é claro que uns poucos ainda me acompanham. Todavia, em alguns momentos, a vida se mostra uma perambulante amarga e sem sentido. No entanto, o que eu posso fazer a respeito?

Livros e artigos já foram devorados, mas nada que chegue perto de resolver meus impasses.  No máximo, uns raros lampejos. Hoje a única coisa que eu quero, é que tanto eu quanto as pessoas queridas fiquem bem. Sei que seria presunção demais desejar isso para todo o mundo, já que enquanto escrevo, sei que têm pessoas sendo violentadas, assassinadas, trucidadas.

Prefiro pensar menos. Mas no fundo eu sei que o mundo lá fora é bem mais obscuro do que aqui.

Nenhum comentário: