segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Religião não é sinônimo de estupidez


Algumas pessoas têm o dom de incorporar tudo que um outro alguém fala, deixa de falar e etc. Antes de achar ruim, não venho aqui para falar mal de religiosos. E sei que às vezes sou um pouco chato em relação ao assunto. Na verdade, venho aqui para exaltar minha insatisfação com o fanatismo.

Sim, o culpado de todo o sangue que a religião derrubou, não foram os crentes em Jesus cristo, tampouco em buda, mas sim os estúpidos, retardados, bitolados, que exprimiram tanta estupidez, achando que apenas o derramar de sangue seria capaz de exaltar uma crença.

Infelizmente, ainda existem alguns seres arcaicos que habitam a Terra. Porém, diferente do uso da espada, eles usam o capital. Impõem a pressão do dinheiro. Pobres almas,  não passam de seres asquerosos que estão perdidas na imensidão do tempo.

Queria eu, que o inferno existisse realmente, para quando eu fosse amaldiçoado por minha heresia, eu possa ver de camarote esses seres hipócritas serem molestados pelo diabo. Eu sorriria, arrancaria sangue dos meus lábios, mas juro que a satisfação estaria em meu semblante toda vez que os desgraçados gritassem. Porque deixo a bondade para quem acredita em castigo divino. Eu quero é justiça. 


Um comentário:

Thamyris disse...

Aquele momento que eu concordo com cada palavra desse texto. Mas às vezes ainda acho que sem religião o mundo seria melhor. Apesar de que o ser humano com certeza inventaria outro modo para depositar o fanatismo.
Seguindo seu blog. Abraço.

http://utopianongrata.blogspot.com.br/