sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

A vida está passando


O caminho estreito de terra, a poeira era levantada e o olhar nostálgico passando pelos retrovisores. A vida passando a cada marcha. O vento sendo quebrado pelo para-brisa, e em um momento eu percebi. A vida está passando.

Vinte anos nas costas. Duas faculdades iniciadas, uma vivência grande. Ideais mudados, revolucionados. Nada mais é como antes. O sabor e a vontade de mudar não existem mais. O sorriso beira a penumbra e a luta já não é mais sangrenta.

O olhar revoltoso já virou um “quero passar os dias”. A luta em alguns momentos virou acomodação. O divertimento virou uma válvula de escape. Tudo está mudado, a vida mudou, eu mudei.

Queria voltar alguns passos para trás. Sei que é algo nostálgico e impossível. Reclamar da vida é algo complicado, já que olha, fui eu que escolhi cada passo a ser dado. E é dolorido saber que de pequeno em pequeno passo, a gente sai totalmente da rota.

Hoje eu acordo para que o dia não seja doloroso. E esperando que um dia a vida volte nos trilhos. Aos pouquinhos, da mesma forma que ela saiu. E as vinte e quatro horas se tornam passagens saudosistas.


Nenhum comentário: