quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Como lidar com brigas



Existem vários tipos de brigas, que são: Bestas, fúteis, inúteis e as necessárias. Cada uma tem que ser lidada de forma diferente, já que cada uma tem um motivo específico e um contexto para o mesmo. Um grande problema da maioria dos textos de ajuda na net, é que eles acham que todas as brigas tem a mesma fórmula para ser lidada, ai que está um grande engano, porque assim como sentimento, cada briga é única.

Brigas bestas: são aquelas brigas sem um motivo verdadeiro, tipo uma brincadeira retardada que um amigo ( a ) ou namorada ( o ) fazem com você. No momento você fica puto e acaba fechando a cara, que é um puta erro, porque o primeiro passo para resolver um desentendimento é a conversa. Ou seja, ficou puto, vai lá e tenta resolver na hora e não deixar para depois. 

Brigas Fúteis: é aquele tipo que você fica com um ciúme retardado sem um motivo plausível, um exemplo: você é amigo de pessoa x e vê uma foto dele no Face em uma festa e ele não te convidou, você finge que não aconteceu nada e quando ele menos espera, você solta os cachorros perguntando se a amizade acabou. Para brigas fúteis, a única coisa para se fazer e apertar o foda-se e não ligar.

Brigas Inúteis: é aquela que acontece, mas sequer é necessário uma briga, e sim um ponto final na relação ( amizade ou relacionamento ). Por exemplo, seu amigo querido vive fazendo fofoca e você fala um monte de merda para ele, esperando que ele melhore. Olha, isso foi um erro, se ele fala mal de você pelas costas meu caro ou cara, esquece esse filho da puta, nem brigar precisa. Agora, quando for em caso de relacionamento e você ver sua namorada ( o ) te traindo, meu, me diz, para quê brigar? Vai lá e termina essa porra de relacionamento, sem estresse. Ah, mas para não ficar barato, se for uma mulher, apenas diga: “vaca”, e se for um homem: “traíra” e fim. Mas por favor, diga pessoalmente.

Brigas Necessárias: é quando tem que ter a discussão. Bom, não sei se isso se enquadra em uma briga ou conversa, mas às vezes você quer salvar um relacionamento ou amizade e acaba se exaltando. Nesse caso, você tem que manter a cabeça no lugar e tentar ouvir o outro e falar muito. Não adianta ficar puto, tem que manter a calma, ouvir o ponto de vista do outro lado e tomar uma decisão sensata.


É isso galera, em uma briga e, além de brigas, na vida, é necessário ter muita calma e reflexão. Não adianta querer resolver tudo de forma rápida. Tem que ter calma e usar a inteligência. Sei que não sou ninguém para querer dar lição de moral, mas a minha querida namorada Amanda me pediu para escrever um texto sobre esse tema e a atendi.

Nenhum comentário: