sexta-feira, 16 de agosto de 2013

CAPÍTULO 6: BUSCANDO EXPLICAÇÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DO SUICÍDIO DE MARIA

POR REINALDO DEL TREJO



O MISTÉRIO DO SUICÍDIO DE MARIA. CAPÍTULO I - UM TAL DE LUCAS

CAPÍTULO 2: NÃO POSSO VIVER SEM SEU AMOR

CAPÍTULO 3: UMA VIDA COMEÇADA PELA TRAIÇÃO

CAPÍTULO 4: POR QUE ME DEIXOU?


CAPÍTULO 5: ENXUGANDO AS LÁGRIMAS


CAPÍTULO 6: BUSCANDO EXPLICAÇÕES



Naquele dia estava ocorrendo o enterro de Maria, o caixão estava fechado por causa do estado que foi encontrado o corpo, além de parentes, amigos e a mídia que queria a todo custo ver a expressão do astro do futebol, haviam pessoas estranhas que Maicon nem Lucas conheciam.

Maicon olhou para seu filho, que logo tinha entendido o que o pai queria e se aproximou de um rapaz de cerca de 1,70m, olhos verdes e extremamente branco, Lucas puxou assunto:

_Olá.

_Olá, você é o filho de Maria não é? _respondeu o rapaz calmamente.

_Como você sabe?

_Já vi você no colo de Maria ao lado de Maicon.

_E quem é você?

_Sou Augusto, era um grande amigo de Maria quando ela morava em Araçatuba. Desde que ela se mudou para São Paulo para fazer Letras, não tive mais contato. Sinto muito por sua dor.

_Como minha mãe era em Araçatuba?

O rapaz estranhou todo aquele interrogatório, mas entendeu que o garoto queria respostas para tudo aquilo que aconteceu, passou a mão na cabeça do garoto e disse:

_Sua mãe sempre foi a mais inteligente do nosso grupo, adorava ler e escrever, tinha um talento incrível, além de ser muito gente boa. Era uma excelente pessoa.

_Ela tinha alguma tendência suicida? _perguntou enfático o garoto.

_Tendência suicida? Que isso garoto?

_Tinha ou não. _insistiu o jovem.

_Claro que não. Sua mãe sempre foi uma garota incrível e paciente. Eu era apaixonada por ela na época, mas ela nunca me deu moral, até conhecer um tal de João...

_João? Quem é esse?

_Quando ela se mudou para São Paulo, ela se sentia muito sozinha e sempre trocávamos telefonemas, até que sua mãe comentou que havia se apaixonado por esse cara, depois disso eu nunca mais falei com ela. Isso é tudo que sei.

Lucas ficou interessado pela informação e logo foi conversar com seu pai, o pai disse que não tinha conseguido nenhuma informação relevante, apenas amigos de faculdade e de Araçatuba, nada demais.

Eles entraram no carro e foram para casa, chegando lá Lucas perguntou:

_Pai, quem era João?

_Um ex da Maria, mas ela sempre disse que nunca havia gostado dele de verdade, por que meu filho?

_Nunca é? Acho que deveríamos saber quem é esse João.


Nenhum comentário: