quarta-feira, 31 de julho de 2013

Vivenciar o além

Ela estava linda no pedestal cor bege, ou seria marrom? Acima do alcance das estradas misteriosas. Longe da vida meteórica e cheia de impasses. Era mais como um objeto fora de alcance, mas eu lutava contra minha negação.

Eu vi com meus próprios olhos flamejantes. Lutei com o meu eu. Eu pensei em fugir. Porque eu não queria nada sério. E ela tão jovem , linda. E eu tão errante, insignificante. Não estava disposto a me entregar.

No entanto, o tempo passou. Seus olhares de soslaios se tornaram íntimos. Ocasionalmente se lançou um amor, no inicio tímido, que para mim era um equivoco. Mas a negação caiu e veio a verdade, quase que absoluta.

Embora, muitas vezes achar que não passo de uma opção barata. Reles para retransmitir esse belo romance, que faz com que eu pense que seja algo ficcional. Porém, apesar dos pesares, eu quero lutar e vivenciar o além.


Um comentário:

Gabriele Santos disse...

soslaios *----*
Você escreve maravilhosamente bem.
Seu texto me lembrou as palavras que você deixou no comentário em meu blog hahaha. Acho que você tem muita inspiração viu. Parabéns.;
http://gabipuppe.blogspot.com.br/