sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Impotência

Existem dias em nossas vidas vagas e sem sentido que percebemos o quão essas palavras podem fazer efeito. O mundo consegue desabar sobre nossa cabeça por um simples pensamento obvio, e vemos que da maneira que tá, está cada dia mais se afundando.

Acreditamos algumas vezes que uma pessoa pode salvar nossas vidas, mas esquecemos que a vida é muito mais complexa do que isso. É complicado destacar qualquer que seja o sentimento inóspito, ou melhor, é complicado descobrir que a vida não passa de uma bela porcaria.

É estranho ver que existem pessoas que lutam, lutam e lutam, e nunca irão conseguir mudar de vida, como se esse passar de tempos fosse um lugar que apenas apedreja os seres humanos, mais cruel ainda é pensar que seu valor pode estar sendo medido pelo seu ter e não pelo que você realmente é.

Lembro que certa vez falei olhando nos olhos mais puros que minha retina já teve a oportunidade de encarar, que não importa capital, dinheiro ou posses e sim o que cada um é, e eu sei que isso é verdade. Todavia, existem pessoas que são sacramentadas por essa sociedade e acabam não conseguindo obter seus objetivos por, veja só, falta de capital.

Eu queria muito poder ajudar essas pessoas que me são tão próximas, mas não posso, não tenho esse poder, por mais que eu faça ou tente fazer, nada muda, e a roda do capitalismo que deveria rodar, parece que acabou virada para baixo para todo o sempre para essas pessoas.

Meus olhos estão tristes e confusos, as lágrimas já escorreram, não sei mais o que pensar ou falar, queria um abraço, algumas palavras reconfortantes, qualquer coisa, mas eu sei que no fim não estou só porque sei que levo você no pensamento, e apenas isso basta.

Ter alguns pensamentos negativos nos aproximam demais da humanidade, e isso é bom, já que sabemos que no fim, bem no fim, podemos nos levantar e lutar, lutar e lutar de novo.

O complicado é que algumas vezes parece que nada muda, mas eu ainda creio no ser humano, creio em pessoas que podem me afastar da loucura total, porque a parcial muitas vezes bate a porta da minha nebulosa mente.

Tenho fé nas pessoas, acredito que elas podem ajudar o mundo a ser algo melhor, apenas por um sorriso, por um lutar, por atos bons. Mas no momento o sentimento é de angustia pessoal e isso eu não posso negar.


Nenhum comentário: