sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Não seja omisso na hora de votar

Bom, hoje eu ia escrever um post bacana sobre nomes de cachorros e tal, ia ser bem light, ai me lembrei que domingo é um dia importantíssimo para nosso país, é um dia imponente, necessário.

Tirei a omissão da minha cabeça e comecei a pensar que várias cidades formam um estado, e vários estados um país. E votar em prefeitos e vereadores capazes é uma forma de lutar por um país melhor.

Na hora de votar, esqueça a hipocrisia de pensar só em você, em projetos “coitadistas”, em projetos que visam a vadiagem. Tente votar em alguém que lute por educação, estrutura, saúde, locomoção.

É uma merda falar de política, mas é uma merda necessária. Se omitir é o primeiro passo para deixar os parasitas fazerem esse país virar a grande bosta que é. Pense em tudo antes de votar, tente ser honroso.

Lembre-se do caso do Mensalão, e veja o quão nojento foram esses políticos, tente lutar contra isso. Não vou ser omisso, você sabe que quem estruturou esse esquema foi nosso ex-presidente ( antes de achar que não vou citar nomes, eu falo, foi nosso “querido” Luis Inácio Lula da Silva que liderou esse esquema fraudulento, asqueroso).

Não vote em partidos também, isso não é legal. Não estou fazendo política partidária, mas mostrando como alguém considerado quase um “Deus” pode ser imundo, sujo, abjeto. Eu creio que temos que votar em ideais. Sabendo que todos temos defeitos, mas tentar escolher aquele que vai honrar o nosso voto, que vai fazer um bom país para nossos filhos.

Se você fazer aquele voto de protesto, você é um idiota. Quer protestar? Vai na frente da câmara cobrar projetos e desenvolvimento, e não votar em uma pessoa sem equilíbrio intelectual para governar. Leia “Ei Vosê, Voti in Min” e entenderá o que estou dizendo.

Não seja omisso. Seja inteligente, seja capaz, coloque seu peito na reta, elabore ideias, não tenha medo de pensar no futuro. Esqueça a corrupção, pense em um país melhor. Não vote em “santo”, vote em pessoas que acredita que podem ajudar a mudar esse país.

A mudança demora, já que estamos em um buraco de um populismo exacerbado, de uma política que promove a vadiagem, um país corrupto. Não dá pra fugir disso, não dá para falar que tudo é lindo, porque não é.

Temos que salvar essa porcaria desse mundo de caso em caso, de pequenos passos. E o nosso primeiro passo começa domingo, e é votar em alguém digno, então na hora em que você ficar na frente da urna, vote consciente, vote naquele que pode fazer um país melhor, pense nisso.


Nenhum comentário: