domingo, 2 de setembro de 2012

Hora da Vet: Classes Sociais

Aula: 02
Data: 13/08/2012
Matéria: Ciências Humanas e Sociais
Termo: 2
Professor: Lorayne Garcia Ueocka
Tema: Classes Sociais
Instituição: Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE


Classes Sociais

Em uma sociedade, existem diversas divisões de classes, formando uma pirâmide onde a classe A fica na parte superior da pirâmide, e a classe E fica na base.

Os representantes da Classe A são os que mais gastam com turismo, e o Brasil ocupa a terceira posição com o maior numero de turistas dessa classe. A Classe A é uma classe elitista, que procura apenas produtos de primeira qualidade, artigos de luxo, e consequentemente os mais caros.

Um dado interessante sobre brasileiros no mercado do turismo, é que eles ocupam bastante espaço no mercado, já que os lojistas consideram os brasileiros bem assertivos, e também para venderem para turistas que falam somente a língua portuguesa.


Mudanças

Nos últimos tempos, ocorreu uma redemocratização da educação, já que o estudo virou um divisor de águas entre ganhar bem, e ganhar pouco.

Muitas pessoas estão procurando se especializar em cursos para ganharem mais. Algumas profissões acabam sendo discriminadas por ganharem pouco, como licenciatura, etc.

Infelizmente, nossa sociedade passa por uma ditadura, que é a ditadura do “Ter”, onde a maioria das pessoas estão mais preocupadas com os bens materiais do que com o pessoal.

O aumento tecnológico fez em equivalência, o aumento do consumo, já que essa tecnologia trouxe acessibilidade para todas as classes sociais, e assim, todas passaram a consumir o que antes era apenas da “elite”.

O Brasil é um país com a maioria de classe média, já que essa classe aumentou muito nas ultimas décadas. A novela “Avenida Brasil”, transmitida pela Rede Globo retrata o cenário brasileiro, que é da classe média, talvez o sucesso da novela seja explicado por esse retrato da sociedade verde amarelo.


Publicidade em Prol da Classe Média

Como a maioria da população brasileira é da classe média, os produtos tem que ser direcionados para essa classe, e é assim que acontece.

Esse cenário é presente nas divisões de prestações, que apesar de os juros serem exorbitantes, a parcela se torna acessível, mesmo para salários não tão avantajados.

O problema da classe média brasileira, é que ela é muito consumista, e o faz sem freios algum, sendo que na maior parte do tempo é para massagear o ego, para manter um status estúpido.

Como a maioria da classe média acaba gastando muito, eles poupam pouco e acabam se atolando em dividas, e isso se torna um grande impasse nacional.


Inflação dos anos 80

A inflação é a queda do valor de mercado ou poder de compra influenciado pelo dinheiro. Nos anos 80, nosso país passou por uma série crise de inflação, sendo que ela chegava a números absurdos de 2700% ao ano, um número quase impossível.

A situação era tão terrível, que os preços eram alterados em questões de minutos. Existem relatos em que os consumidores entravam em lojas e notavam que os preços eram alterados em questão de minutos.

Até que então Fernando Collor de Mello, o então presidente do Brasil, resolveu confiscar a Poupança do povo brasileiro, e assim congelar a economia do nosso país para que a inflação fosse diminuída.


Salário Mínimo

O Salário Mínimo é o valor mais baixo que um empregador pode pagar para seus empregados, legalmente falando. Ele foi instituído por Getulio Vargas, sendo considerado o salário capaz de suprir as necessidades básicas de uma família.

O salário mínimo é um tipo de “garantia” para a classe trabalhadora, que sua família terá condições dignas de vivência. Só que, como sempre, nem tudo que está escrito na teoria, é bem aplicado na prática, é evidente que o salário mínimo não é capaz de suprir as necessidades de uma família.


Carteira de Trabalho

A Carteira do Trabalho é um documento que tem como intuito comprovar a vida produtiva de um trabalhador, além de ser um documento de identidade.


Medidas para evitar Disparidades Econômicas

Existem algumas medidas que tem como objetivo diminuir as diferenças econômicas, medidas que fazem com que o custo de vida seja reduzido.

O grande problema dessas bolsas é que muitas pessoas que são beneficiadas acabam se acomodando com esse auxilio, e procuram não produzir e ficarem encostados nesse tipo de ajuda.


Continuação

20% dos brasileiros são formados em um nível superior, e com o passar dos anos, o curso universitário não é mais garantia de emprego fixo, já que a concorrência é cada vez maior.

Um dos fatos curiosos da classe média atual, é que a maioria tem um nível educacional baixo, já que elas cresceram a partir do esforço, além de anos atrás, era difícil quem tinha qualquer curso universitário.

Os tempos mudaram, e hoje em dia todos sonham que os filhos se formem em algum curso universitário, e é totalmente plausível pensar assim, sendo que a faculdade se tornou totalmente acessível.

O problema de muitas pessoas da classe média, é que eles acabam buscando o curso universitário apenas pelo diploma, e acabam se esquecendo do mais importante, que é o conhecimento.


BRASIL: Um país rico de pessoas pobres

O Brasil é um país cheio de riquezas e um alto desenvolvimento, tanto na área da medicina quanto tecnológica.

Existem algumas poucas pessoas que tem um alto poder aquisitivo, e uma maioria que tem muito pouco. O maior problema de nossa nação é que a verba conseguida ao todo não é revertida para toda a população.


Planos de Saúde

O Sistema público de saúde é um verdadeiro descaso com a população, sua infraestrutura é defasada, a falta de capacitação profissional é ridícula, além de ter poucos médicos.

Dentro desse contexto assustador, as pessoas passaram a procurar planos de saúde, e atualmente muitas pessoas tem acesso a esses planos para terem “direito” a uma saúde um pouco melhor ( menos ruim ).

O problema é que , com o aumento da procura dos planos de saúde, os hospitais vem tendo um déficit de atendimento, e o que era para ser algo mais rápido e bem estruturado, acaba se tornando um local quase tão inapropriado quanto o sistema público.


Para Fixação:

1 – O que aconteceria com o Brasil se todas as pessoas fossem da classe A?

A economia entraria em colapso profundo, já que não existiriam profissionais suficientes para suprir as necessidades de produção de todos os meios. Porque ninguém iria querer se submeter à funções mais “baixas”.

Consequentemente, o Brasil iria atrás de mão de obra de outros países, possivelmente de nações africanas.


2 – Por que a Licenciatura é tão desvalorizada no Brasil?

Existem vários fatores que fazem a licenciatura ser tão evitada no Brasil. Primeiramente, a base educacional está totalmente corrompida, onde não existe um apoio legitimo do governo para a educação. Outro fato que prejudica muito o meio de licenciatura é a falta de estruturas na maioria das escolas brasileiras.

A desvalorização salarial é um dos principais fatores pela “fuga” de jovens da busca por cursos de licenciatura, afinal, o reconhecimento econômico é essencial para a formação de uma família.

Mas o pior fato é o cultural, já que a população brasileira é muito conformista, e fica calada ao ver pessoas que não fazem nada para a pátria ganharem caminhões de dinheiro ( tipo Luan Santana, Neymar e atores ) e “heróis” da pátria não ganharem quase nada.

Como sabemos, um país só é bem estruturado a partir de uma educação sólida, e como a educação brasileira deixa muito a desejar, o futuro de nosso país amado se torna incerto.


3 – Qual o maior problema de comprar um produto em prestações?

O maior problema é o pagamento de juros exorbitantes, já que em alguns casos, a taxa de juros chega a mais de 70%, um absurdo para um país que tem sistemas públicos tão fracos.


4 – O que é SPC e SERASA?

O SERASA é uma empresa privada criada por bancos e empresas financeiras. Já o SPC é um órgão criado pela Confederação Nacional de Lojistas.

Esses dois órgãos tem como objetivo armazenar dados cadastrais de pessoas físicas e jurídicas, apontando dividas vencidas e pagas.


5 – Fale sobre o Plano Real.

O Plano Real foi um programa idealizado por Fernando Henrique Cardoso, e era uma medida de reforma econômica, onde o Brasil passaria a ter uma moeda descentralizada, o Real.

A partir do Plano Real, o Brasil começou a configurar entre as potências econômicas, se tornando um dos países mais ricos do globo.


O artigo é escrito por um aluno de Medicina Veterinária. Caso tenha alguma reclamação ou opinião. Não se reprima, comente e expresse a sua opinião.


Nenhum comentário: