domingo, 26 de agosto de 2012

Hora da Vet: Prática de Tecido Epitelial

Aula: 03 ( Prática )
Data: 09/08/2012
Matéria: Histologia e Embriologia
Termo: 2
Professor: Leticia Yamasaki
Tema: Aula Prática de Tecido Epitelial
Instituição: Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE


Aula Prática de Tecido Epitelial

Na primeira aula prática de Histologia e Embriologia, temos a definição de Hematoxilina e Eosina. Sendo a Hematoxolina é uma substância que se obtém a cor azul, e já com a Eosina se obtém a cor rosada.

Levando em consideração a afirmação acima, sabemos que BASOFILICO = Azul, e EOSONOFILICO = Rosa. Lembrando que Basofilico é quando tem afinidade com o básico, e Eosonofilico é quando tem afinidade com o ácido.

Todo corte na Microscopia é em 2 dimensões,ou seja, é visível apenas por largura e comprimento. Podemos imaginar um ovo, que vai sendo cortado tanto na vertical quanto na horizontal e, dependendo da maneira do corte, veremos planos diferentes.

A primeira lâmina a ser analisada foi uma Pálpebra de um camundongo, analisamos o Tecido Epitelial de Revestimento e o Conjuntivo.

A membrana Basal não é visível com a coloração que a lâmina estava obtendo, já a Queratina é explicita sendo quase uma “meleca”. É importante ressaltar que o núcleo sempre será azul.

A outra lâmina analisada foi o “Tricomo de Maçon” , que nada mais é do que uma maneira de coloração para diferenciar as células trabalhadas. Nessa lâmina é visível que o Tecido Conjuntivo ficou verde e o Epitelial rosado.


Folículo Piloso

O Foliculo Piloso é uma estrutura constituída por três camadas epiteliais, e é ele quem produz os pelos, e é visível essa sua estrutura conforme a figura destacada acima.


Epitélio de Revestimento

O epitélio de revestimento tem como função proteger o corpo das agressões externas, além de outras atividades como absorção e produção.


Outros

Nessa lâmina também foi analisados o Tecido Conjuntivo frouxo e a glândula sebácea.

O Tecido Conjuntivo Frouxo ajuda em vários processos no organismo, e é visilmente "espaçoso"

A Glândula Sebácea tem como função é manter a pele lubrificada e auxiliar na elasticidade Glândulas Sudoríparas

As glândulas Sudoríparas tem como papel principal produzir suor e ajudar na regulação corpórea, seu formato em microscopia é um novelo conforme a imagem.


Lâmina de Traqueia e Esôfago

Nessa lamina foi evidente a coloração azul da traqueia e a avermelhada do esôfago, além de ser visível o Epitélio de Revestimento.


Cílios

Em citologia, cílios são apêndices das células eucarióticas com movimento constante numa única direção.


Para Fixação

1 – O que é Queratina? Qual a sua função?

Queratina é uma proteína básica na formação corpórea tanto de um animal quanto humano. Nesse caso ela foi destacada como a proteína essencial na formação do tecido de revestimento.


2 – O que são Glândulas Sebáceas e Folículo Piloso? E quais suas funções?

A Glândula Sebácea é uma glândula presente na pele de mamíferos. Sua função é manter a pele lubrificada e também ajudar a manter a elasticidade da pele.

Já o Foliculo Piloso é uma célula com três camadas que tem como função produzir pelos, e assim ajudar na proteção externa.


O artigo é escrito por um aluno de Medicina Veterinária. Caso tenha alguma reclamação ou opinião. Não se reprima, comente e expresse a sua opinião.


Nenhum comentário: