quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Falta de Honra, a última que morre

2012 é ano de eleições para prefeito e vereadores, e ano de eleição é crucial para podermos expressar nossos desejos sobre um “mundo melhor”.

Desde que é direito de um cidadão votar, se tornou também o seu dever de escolher aquele candidato que pode mudar alguma coisa em relação a aspectos básicos como educação, saúde, meio de transporte e afins.

Infelizmente muitas pessoas discriminam a palavra política pelo fato de julgarem essa palavra vulgar e muitas vezes sinônimo de desonra ou até mesmo bandidagem.

A palavra política provém do “Ato de governar em prol do bem comum”. Não conheço definição mais honrosa, mas infelizmente, a média dos políticos não honram essa nobre definição.

Em estatística básica, aprendemos que quanto maior a porcentagem de fatos ocorridos, maior é a probabilidade de esse fato ocorrer novamente.

Pensando assim, como poderíamos julgar o povo brasileiro por ter um pé atrás para com os políticos? Já que tanto escândalo e casos de corrupção são divulgados e desvendados. Fica difícil não desconfiar.

Mesmo assim, apesar dos pesares, temos que ter dignidade na hora de escolher um candidato que tenha os melhores ideais propostos. Nem que sejamos enganados por mais um mandato.

Como diz o velho ditado: “Esperança é a ultima que morre”, e assim continuo crente em um país melhor. Mas estatisticamente é mais fácil acreditar que o ultimo a morrer vai ser a falta de vergonha na cara desses políticos.

Nenhum comentário: