domingo, 15 de julho de 2012

Você é dona do meu nada

O Tempo passou...Me afastei, tentei te esquecer, mas não esqueço. Você não sai da minha mente e pior que isso, não sai nunca do meu coração.

Gostaria de dizer um grande FODA-SE para tudo isso, e ir viver a minha vida, sendo anestesiado por uma agenda lotada.

Mas antes de dormir, todos os dias eu penso em você, em um futuro para nós dois. Só que infelizmente esse futuro está distante, quase impossível.

Eu queria voltar atrás e fazer tudo diferente, queria ter encarado de forma mais incisiva os seus olhos castanhos, só que já passou, não sou o senhor do tempo para poder fazer isso.

“Ninguém pode voltar e mudar o passado, mas todos podem erguer a cabeça e fazer um bom futuro”. Frase linda de ser escrita, mas complicada de ser colocada em prática, é lógico que na teoria tudo é lindo, maravilhoso, só que a vida não é assim tão bacana como na teórica.

Quando estou ocupado, lendo, fazendo alguma coisa, não penso em ti, mas é só ficar um pouco ocioso que você toma o vão.

Gostaria de ficar feliz com o vago, de voltar a fazer coisas idiotas que preenchem o nada. Mas não dá. Você se tornou a dona do meu nada...

E o nada é a única coisa concreta nesse mundo. Porque tudo é relativo, mas nada dá para se notar, presenciar, e sucessivamente o nada se torna tudo. E a única maneira de saber que alguém toma conta de seus sentimentos é quando ela toma posse quando o nada entra em sua mente.

O nada se torna o tudo, então ... TO FUDIDO COM ESSA PORRA DE SENTIMENTO.



E lembre-se, nem sempre o que escrevo em primeira pessoa faz parte da minha vida, nem sempre...

4 comentários:

Rodrigo Ferreira disse...

E complicado esse tal de sentimento e de amor. Esse sentinmento pode ferir um pouco.
Gostei do seu texto
abração

http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

Garota Mania disse...

ótimo texto como sempre. bjs bjs.

Lucas Adonai disse...

Muito loco!

Poker-Cast disse...

muito bacana cara !ati 13