sábado, 5 de maio de 2012

Vivendo sem pressão

Muitas pessoas, assim como eu, acham que o amor é a solução de nossos problemas, acabamos pensando que é a partir dele que nossa vida começará a ter intensidade ou algo do tipo. Pobres mortais, vamos dizer que, amor é um tipo de recompensa para quem está dando a volta por cima na vida.
Li um texto da maravilhosa Martha Medeiros que expressava isso de forma primordial, poderia destacar um milhão de palavras, que não seria capaz de fazer uma descrição da maneira que ela o fez, pesquisem o nome dela e amor, e verá o que estou dizendo.
Enfim, as pessoas acabam esquecendo de viver, porque se julgam incapazes de encarar os desafios da vida sem um amor.
Em muitos momentos, acabamos ficando amargos, solitários, indiferentes, e acabamos julgando a vida algo ruim, sem sentido, como se tivéssemos que ficar procurando isso.
Dizem que quando menos vemos, o amor vêm, ou pior que isso, sentimos amor e não expressamos isso da maneira correta.
Um “Eu te amo” é tão bom de ser ouvido né...
Que tal começarmos a falarmos ele também, ou seguir a vida na boa, sem pressão no nosso subconsciente, parando de deitar na cama e ficar se achando os coitadinhos.
Como “Ah, a vida é injusta comigo, nunca acho ninguém que me de valor”, ou pior “Minha vida não tem sentido, nem sei por que estou vivo”.
Puta que o pariu, cada sentimento de merda hein!
Falo assim, porque eu já me senti assim, e se você meu caro leitor se sente da mesma maneira ou já sentiu isso, só digo algo, vamos levantar a cabeça e começar a viver na boa, sem pressão.
Em alguns momentos, acabamos até perdendo nossos antigos sonhos, objetivos, ficamos quase que inválidos.
É nesse momento que você tem que mudar a maneira de levar a vida.
É Fácil falar, eu sei que é...Mais fácil ainda é fazer, vamos começar a viver, lutar por nossos objetivos, abrir um sorriso a cada dia, fazer o que nos faz bem, porque senão nossa vida ficará amargurada, uma bela bosta.
Lute por sua vida, porque ela é curta, ame, viva, sorria.
Ah, comecei falando pelo amor, quando você tiver vivendo com intensidade, quando menos você ver, o amor chegará como recompensa.
Mas antes disso, viva.
Simplesmente viva (já devo ter usado esse bordão umas 54489666446 vezes, mas adoro ele).

Um comentário:

B. disse...

Acho que qualquer ser humano, que já gostou ou amou alguém, pensou dessa maneira. Eu particularmente, pensei quando era mais jovem, agora não mais, kkk. Me livrei \o E espero que tu também se livre dessa ideia.
Mas sabe de uma coisa? Hoje, estar sozinha é uma virtude, pelo menos, em minha concepção. Dedicar o tempo a sua família e amigos, pessoas que realmente te amam e te fazem feliz, sorrir. Aqueles que não te deixam chorar.
O que você disse, é um fato. O amor é uma recompensa, apenas. Nós temos que aprender que ele vem na hora certa e que não podemos escolher ou interferir nessa tão esperada hora. O que podíamos e deveríamos fazer, era aproveitar cada minuto da nossa jornada, valorizando os pequenos instantes, porque eles com certeza, são os mais importantes.