terça-feira, 20 de março de 2012

Livra-me da loucura


Olá leitores do Blog Mente Aberta.
Hoje acordei com vontade de inovar, só que não sei como...
Então vou falar como estou me sentindo.
Eram três horas da manhã, e não havia pegado no sono, até que achei um amigo meu On Line no face, e começamos a ver umas tirinhas Nerds, comecei a rir, e acabei fazendo a que postei abaixo.
Já é minha 4ª Tirinha, olha, eu não sou um viciado nesses memes não, só que confesso que eles me fazem rir muito.
Então quando comecei a fazer, e dar risada idiota, notei que são essas coisas pequenas e sem sentido que me livram da loucura.
Pode parecer um tanto quanto forte dizer isso, só que é a mais pura verdade, se não fosse esses momentos de estupidez, com certeza minha cabeça já teria ido para as cucuias.
Não sou a pessoa mais inteligente do mundo, só que eu tento pensar em cada coisa que acontece ao meu redor, misturando tudo isso com sentimentos que vão além de minha compreensão, muitas vezes entro em um estado de depressão fora do comum.
Como não posso jogar meu precioso futebol, que era minha maior válvula de escape, sou obrigado a descarregar em outras coisas, como pensamentos de bobeiras, falar merda, tomar cerveja e essas coisas.
Pode parecer fraqueza, e realmente é, mas se não tivessem esses momentos, eu creio que já estaria longe do meu ser.
As vezes eu pego uns amigos para desabafar, só que mesmo assim, não consigo falar exatamente tudo o que penso e sinto, porque sinceramente, ninguém agüentaria toda a vermelhidão de meus olhos, e meus sentimentos mais repulsivos.
Queria ser um pouco mais normal, mas dificilmente isso acontecerá, porque para mim é normal ser assim (louco não?).
Muitas vezes não sou entendido por querer estar sozinho por alguns instantes, mas essa minha solidão temporária é necessária para uma reflexão maior do meu próprio ser, caso contrário, dificilmente eu conseguiria deitar a cada vinte e quatro horas passadas.
Sendo que daqui a dez minutos terei que ir pegar meu ônibus e ir para minha aula de Bioquímica, dormi muito pouco essa noite, mas estou bem.
Estou voltando a me acostumar com as noites mal dormidas que fizeram esse blog decolar, eu sei que existem muitos leitores diários desta minha página, e eles são a única coisa que fazem eu continuar a descrever o que estou sentindo, o que estou pensando.
Porque caso minhas reflexões ajude alguém em seja lá o que for, já fico feliz. Porque escrevo único e exclusivamente para isso.

2 comentários:

Garota Mania disse...

ser normal nem sempre é bom, e assim como você também não sou compreendida por querer ficar sozinha em certos momentos pra refletir sobre mim, sobre o mundo, sobre tudo que acontece, mas preciso disso pra poder por a cabeça no lugar é como se pra mim isso fosse um folego a mais pra poder continuar sem dar tiuti.
bom passando por aqui pra conferir as novas bjs bjs xau.
http://virersemlimites.blogspot.com.br/

B. disse...

Que saudade dessa sua loucura Del Trejo. É algo que admiro em ti e que com certeza, não quero que a perca. Afinal, também sou assim. Loucos por loucos, a gente se entende, não é mesmo? Melhor ser louco assim, do que ser normal. É melhor fugir do padrão, ser fora do comum e se orgulhar pelo que é, sem se preocupar com o que as pessoas pensam. É melhor não mudar, se isso for te fazer feliz, ou mudar, se isso for te fazer triste. É melhor achar o que é melhor pra vc e não se importar com mais nada, apenas com a sua felicidade.