quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Balanço geral do Ensino Médio


É, o tempo passa muito rápido, e quando menos vejo, cá estou, fora do ensino médio, sim, me formei agora no terceiro ano e toda a minha vida escolar já se foi.
Não sei bem se vivenciei tudo o que queria ter vivenciado, bom, na verdade não, porque eu tinha alguma coisa na minha cabeça que me dizia que eu seria um cara totalmente responsável ao final do terceiro ano, e olhe só, não vejo essa responsabilidade nem passando perto do meu ser.
Enfim, vamos ver o que ficou do ensino médio.
Desde que fui para o ensino noturno, aprendi algumas coisas, tipo, como é foda mudar de uma escola em que você criou raízes profundas, cheio de amizades e tal, para ir para um mundo desconhecido, onde você não conhece quase ninguém.
Bom, ao menos fiz algumas novas e boas amizades, pois não saberia o que faria da vida se não tivesse encontrado esse novo caminho.
Outra coisa que descobri quando fui para o ensino noturno é como o ensino é fraco, sabe, eu não vou falar que tirei nota máxima em tudo, porque sei que não tirei, mas o complicado é que em seu subconsciente você sabe que passará de ano por muito pouco, absolutamente quase nada.
Uma coisa boa, ao menos na minha cidade, é que no período noturno não existem maloqueiros, isso, eu achei que iria encontrar de monte, mas não, não tinha.
Aprendi que de noite da para aprender, mas tem que se esforçar muito mais do que no período da manhã, pois parece que os professores tem um pouco de não sei expressar, talvez preguiça de ensinar, que junto com o cansaço dos alunos, vira uma grande merda.
Convivi com muitos alunos cabeça de vento que não querem nada da vida, como se já estivessem limitados pelo resto da vida com o seus trocados que já recebem nada data de hoje, mas quem sou eu para julgá-los? Se eles consideram isso o essencial, por mim tudo bem, foda-se...
Mas tirando um pouco da parte do noturno, tá na hora de dizer no geral, desde que entrei no ensino médio, parece ter mudado muita coisa, como por exemplo, acho que nasceu um Reinaldo um pouco mais persuasivo, menos acomodado e que quer lutar por algo, não sei exatamente o que, mas quero lutar por algo.
E sei que estarei nessa luta incessante para todo o sempre, seja para quebrar sistemas defeituosos ou para questionar tudo.
Nasceu um novo eu que parece estar buscando algo melhor não somente para mim, mas para aqueles que vivem ao meu entorno.
Pois eu cansei de tanta merda que tem no mundo, e sou ambicioso, sei que posso mudar algo, e pode ter certeza que eu o farei.
Espero conseguir alguns aliados nessa caminhada, pois ela é árdua, mas se conseguir uma boa aliança, pode ter certeza que a vitoria será garantida, não importa se demore 100, 200 anos, o que importa é que isso terá um fim.
E é dado a largada...

13 comentários:

Blog UaiMeu! disse...

Sinceramente?Qdo vc trabalha com educação e principalmente em escola publica como eu fiz esse ano assusta com o nivel dos jovens em se pronunciarem e entenderem a matéria.

uma coisa q não existe na escola particular pois eles correm atrás e na publica a maioria trabalha


passa lá?
http://uaimeu10.blogspot.com/2011/12/retrospectiva-tecnologica-2011.html

Renata

reinaldo del trejo disse...

Não creio que seja isso, acho que muda muito é o período, como por exemplo, tive um choque tremendo quando mudei de período...

Carolinna Hammoud disse...

achei muito bom seu texto, bem elaborado com um tema bem relevante! Tá de parabéns ;)
Vou ler sempre!

bjs!

reinaldo del trejo disse...

Obrigado Carolline, espero que você volte sempre...

Beijoo

Lucas Adonai disse...

Muito bom!

Minha vida é um pôr-do-sol disse...

Eu mudei tanto de escola que nem sei contar nos dedos quantas foram e isso me deixou ser muito fechada. Se eu pudesse, voltava para fazer mais amigos, permaneceria em uma única escola e não seria tão insatisfeita.
Quanto a ideia de mudar algo, está apoiadíssimo. Comece lutando na sua própria cidade, e vá aumentando aos poucos seus contatos.
Os vereadores da minha, já sabem de cor minha cara e quando me veem tremem na vara. HAHAHA.

Boa sorte nesse novo caminho da sua vida. :)

Bruno disse...

Época boa, não muito pelas notas, mas sim pelas amizades e brincadeiras. Foi um bom período e que na verdade, nada se definiu muito pra mim. Hoje sou formado e faço mestrado, sem sequelas.

http://www.costabbade.blogspot.com/

Guilherme de Carli disse...

Eu me formei esse ano também, rapaz! É difícil, aliás, foi difícil! Mas agora nova etapa: UNIVERSIDADE! Tudo dará certo! Feliz Natal!

http://particularprison.blogspot.com/

reinaldo del trejo disse...

Minha vida é um por-do-sol

Sei como é, as vezes é complicado quando passamos por determinado lugar e gostaríamos de ter feito mais amizades do que foi feito, mas fazer o que...
E sobre mudar, temos, que mudar aos poucos de maneira que passe a incomodar, e quem sabe tocar tbm em outras pessoas essa ideai...

Abraço e obrigado :D

reinaldo del trejo disse...

Bruno

As amizades ficarão para sempre, e isso sim são coisas para se guardar...

Obrigado pelo comentario, volte sempre...

reinaldo del trejo disse...

Guilherme

Aham, então boa sorte para nós que seremos bichos nesse 2012...
Feliz Natal e tudo de bom :D

Abraço

Anna disse...

Esse sentimento de 'luta' é tão bom. Também me vi crescer nesse ponto. A idade vai pesando e parece que não queremos assistir a decadência deste mundo, parados. Se precisa de uma aliada, aqui estou. É preciso fazer algo, é preciso querer, de pouco em pouco, as mudanças vão surgindo. E são com essas mudanças, que construímos, algo incrível dentro de nós mesmos. Gostei do texto.

reinaldo del trejo disse...

Anna
Sim, precisamos a cada momento batalhar por nossos sonhos, e sempre lutar por um mundo melhor, e sim, queria você como aliada!
Bora fazer um mundo melhor?
Beijo e obrigado pela visita, espero que volte sempre :D