sábado, 5 de novembro de 2011

Os filhos de nossos politicos deveriam estudar em escolas públicas


Estava fazendo várias leituras sobre como melhorar o ensino público brasileiro, e uma que me chamou muita a atenção, é um pouco drástica, mas vou falar sobre ela.
Foi quarta-feira, feriado de finados , já que entrei no tema “finados”,vou falar o que fiz nessa data, sabe, eu não fiz porra nenhuma, primeiramente eu acordei ao meio dia, almocei, voltei a dormir, joguei PES, fui na casa do meu primo, fiquei falando merda, voltei para casa e enfim fui jogar bola com alguns colegas de empresa, meu pai me levou, foi legal, foi um futebolzinho bem descontraído, sendo que o povo tem um nível técnico bem baixo.
Voltei para casa, fui tomar banho, e em cima do cesto, lá estava uma revista superinteressante bem antiga por sinal, creio que a capa era até do Chico Xavier, no mês em que ele iria fazer 100 anos, bom, era alguma coisa relacionada, abri a revista e comecei a lê-la, até que cheguei em um artigo do senador Cristovam Buarque.
Nem me lembro do título, mas falava que a única maneira de fazer com que o ensino público brasileiro melhore, seria obrigando a todos os filhos dos políticos estudassem nas escolas públicas, e se eles fizessem com que seus filhos sintam na pele todo o terror público, quem sabe, assim alguém faça alguma coisa não é?
Nossa, que bosta de país em que vivemos, onde de tantas matérias que li durante a minha vida inteira, a mais eficaz é uma em que o meio para chegar em seu ponto é a pressão, é complicado tudo isso, mas é assim que nosso país está.
Concordo com ele, acredito que essa seja a única maneira de solucionar essa incógnita, a única resposta é pressão, essa é a palavra.
Muitas pessoas nem ligam para isso, mas é foda viu, mesmo estando em meu ultimo mês de escola de toda a minha vida, digo, no que eu puder lutar pela escola pública brasileira, eu farei, e creio que as pessoas devam se mobilizar para isso, para que nosso país não fique deficiente, lembrando sempre, que a educação é a base de uma sociedade, e se temos uma educação defasada, é evidente que nosso país inteiro esteja dentro de tal defasagem.

Nenhum comentário: