sábado, 29 de outubro de 2011

Um dia nossos pais foram na biblioteca


Hoje acordei as 5 da manhã, liguei meu PC e peguei meus cadernos para dar uma estudada, eu adoro fazer isso, ver antecipadamente o que vai ter na aula para a aula ter um dinamismo maior, só que minha internet infeliz teimava em não conectar, tudo bem, vou ver se consigo analisar as matérias mesmo assim, mas comecei a pensar, velho, como deveria ser ruim sem internet neah?
O ENEM passou, e ele foi em grande parte baseado nesse assunto, desde a redação, até os corcundas do computador, analogia essa que eu achei horrível, nem tanto na verdade, pois creio que muita gente fica todo torto realmente na tela do computador, mas retornando ao assunto, ficar sem internet é muito estranho, é como se faltasse algo, não me pergunte o que é esse algo, que eu não sei explicar, talvez seja algum tipo de apoio para alguma coisa, como um “Pai dos Burros”, seilá, só sei que ficar sem internet é foda.
Minha redação do ENEM se baseou nisso, sendo a importância da internet e tal, com o título parecido, mas a nota que tirei, bom, isso só saberei em janeiro.
Em um pequeno intervalo de tempo, tentei conectar, mas nada, já são 5:10 e nada de internet, mas é bom que dessa forma poderei estudar a moda antiga, não que isso seja melhor que a modernidade, mas vou fazer o que? Procurar uma LAN de madrugada? Ah vá...
Mas o que quero dizer é que fodas eram nossos pais, eles eram fodas pelo fato de o trabalho escolar que eles faziam eram totalmente na veia, digo na veia, por ser algo pesquisado arduamente, totalmente manual, nossos pais deveriam pegar ônibus para ir até a biblioteca municipal, e dentre desse contexto rachar de estudar, e isso é um ato merecedor de um Oscar nesses dias atuais.
E nós jovens o que fazemos? Reclamos quando ficamos alguns momentos sem internet...É uma diferença de valores muito grande, talvez seja esse um dos motivos que a marginalização cresceu tanto, pelo fato de sermos acomodados, e acabamos querendo tudo na mão, e isso não é bom.
Não é bom, porque um dia o que é dado na mão some, e se sumir, temos que ser fortes para procurarmos outras alternativas, mas como estamos viciados nisso, creio que muitas pessoas iriam a loucura se um dia não existisse internet.
Estamos acomodados e isso não é bom...

Nenhum comentário: