sábado, 17 de setembro de 2011

E a menina sorriu


Estava andando pelas ruas, depois de mais um cansativo dia de trabalho, até que avisto uma menina de cerca de uns 4 anos, loirinha, dos olhos claros, parecia uma boneca é verdade, aquela garota me chamou a atenção e muito. Até que passei pelo lado dela, e ela sorriu para mim, nossa, estava com um peso nos ombros que parece ter sido aniquilado por aquele sorriso puro, um sorriso que sem dúvida alguma melhorou meu dia de forma intensa.
Sempre pensei que o sorriso abre portas, mas na verdade nunca tinha sentido um sorriso tão nobre para comigo, foi algo sem explicação, e passei a pensar como é bacana uma pessoa que não te conhece simplesmente abrir um sorriso para ti.
É muito bacana esse sentimento, é como se o mundo estivesse abrindo as portas para ti, é como se a vida sorrisse para você, é simplesmente sensacional.
Fiquei feliz com aquele ato da menina, talvez até um ato sem pensar, mas aquele ar de felicidade faz um bem sem explicação, é como se fosse retirado todas as preocupações do seu dia.
Sentei no calçadão depois disso, e comecei a pensar como o sorriso abre o mundo, e fiquei com aquela cara de abobado, mas de uma coisa eu sabia, já tinha ganho o meu dia.
Tudo estava maravilhoso, até que abri meu celular e vi a hora, e ai o mundo real debruça sobre minhas costas novamente, e logo me vem a cabeça “Corre, senão tu perde o ônibus”, e retorno a realidade da minha cansativa rotina.
Mas sorria, apenas sorria, que dessa forma seu dia será muito melhor.

Nenhum comentário: