sábado, 10 de setembro de 2011

Aprenda com seus grandes erros


Na postagem anterior, coloquei em ênfase de como temos que esquecer os pequenos erros, mas nessa, irei colocar em destaque algo um pouco mais delicado, que são os grandes erros, sendo os erros de caráter, os erros de personalidade, os erros de pensamentos, os erros sem retorno, os atos hipócritas, as maldades e coisa do tipo. Nossa, me deu até falta de ar, mas como é complicado descrever tal assunto, todavia não irei fugir do mesmo.
Beleza! Começando, quando erramos feio, logo na hora do erro, o percebemos, pois não somos tão desligados para não notar tal ato, mas o fato é que, por arrogância, simplesmente não pedimos perdão, e nem tentamos nos explicar, lembrando que já começou errado, visto que não reconhecer seu erro, já é algo questionável.
O ato já foi consumado, o erro já esta feito, agora por diante, não é mais possível voltar atrás, às vezes podemos tentar nos redimir, um pouco atrasado é verdade, mas quem sabe seja possível, ah voltando, o erro já está feito, agora nos resta aprender.
Aprender com os erros eu digo, já que erramos, não tem mais volta, agora ta na hora de evoluirmos ao menos, se conseguirmos analisar friamente a situação e vermos os por que de tal erro, podemos ver nossa fraqueza e assim, evitar que a falha volte à nossas ações;
É um pouco difícil fazer essa ação, contudo se o fazemos de forma coerente, analisando de forma fria o ato, vendo todo o quadro, é notável onde está a falha, e apenas se a pessoa for muito estúpida, ela retornará a mesma falha.
Analisado o fato, basta você impor a sua personalidade e nunca mais cometer os mesmos erros, e somente assim, você poderá evoluir como pessoa, e deixar de praticar alguns erros bobos.
Lembrando que existe uma frase que fala que a partir de nosso passado, construímos nosso futuro, bela frase com certeza, só que temos que apagar o nosso passado errante, jogando esse erro em nossa lixeira pessoal, e somente assim, sermos pessoas melhores.
Sei que é difícil, mas já que toquei em frases, que tal essa para concluir meu texto : “O inteligente é aquele que aprende com os próprios erros, já o sábio é aquele que aprende com o erro alheio”.
Difícil pra caramba viu, mas quem conseguir ser sábio, com certeza conseguirá ser uma pessoa que poderá ser melhor, pelo fato de magoar o menor número de pessoas pelos seus tolos erros.

4 comentários:

Zé Pelarau disse...

Erros... tão complicados. Muitas das vezes nós o cometemos no impulso, nem pensamos se o que fazemos é o certo ou o errado: apenas fazemos. E depois disso, quando damos conta de que era errado, acho que nos tornamos negligentes. Não pensamos que erramos, e muito menos no erro. Sabe, para não dar aquele ar de "putz eu errei". Agora, quando é o outro que erra, é muito fácil apontar o dedo gordo e mostrar as falhas. Dificil é ouvir, e mais dificil ainda é admitir por si próprio que errou. Belo post. Se puder, de uma passadinha no meu blog: http://blogdopelarau.blogspot.com/
Abraços e sucesso com o blog

reinaldo del trejo disse...

Aham, sem dúvida alguma, as vezes o fazemos como um ato de resposta a alguma coisa errada, é verdade, é facil olhar o erro alheio, mas dificil é assumir que errou, e quando a pessoa consegue faze-lo, se torna uma grande pessoa, sem duvida alguma.
Aham, sem duvida, darei uma olhada la.

ABRAS

Rejane Bruck disse...

Os erros ajudam a pessoa a evoluir e, alguns deles (bem pequeninhos)até dão uma graça especial. Alguns erros, quando se está entre a vida e a morte, são imediatamente eliminados (meu pai passou por isso!) pois nesse momento, não sei porque razão, o que realmente tem valor vem à tona! O importante é não dar tanta importância assim a nossos erros mas, tentar sempre acertar!
Muito bom post, parabéns!
Beijo e, obrigada pela visita ao meu blog!

reinaldo del trejo disse...

Isso, isso, as vezes so notamos quanto determinadas coisas sao importantes para nos, quando as perdemos ou chegamos perto de tal, e é muito complicado isso, por isso temos que aproveitar as coisas boas da vida, pois o vento é bom enquanto está em nosso rosto...

Brigado pelos comentarios...

Abrass