segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Tenho que Parar de Reclamar


Ah como eu reclamo de tudo, caraca velho, tenho que parar dessa pinga senão todos que me rondam começarão a sumir de minha vida. Reclamo de política, reclamo do governo, reclamo da educação, reclamo da saúde, reclamo da garota que beija mal, reclamo da garota que queria apenas ficar e não se entrelaçar, reclamo da mulher que queria apenas amizade, reclamo do dia, reclamo da noite, reclamo do show, reclamo do clima, reclamo até da puta que o pariu.
Nossa, só por essa introdução, tu já deve estar pensando, ah véi pare de reclamar, então é nisso que estou pensando nesse exato momento, são 2:03 da manhã, amanhã tenho que acordar 6 da manhã para o trampo, e estou aqui pensando na minha vida, olha só que cara chato. Estava olhando blogs e tal, na verdade um blog que fala do Big Jhon, mostrando o que não fazer para se estragar, e olhe só, eu creio que faça todo um contexto, e sabe qual é? Eu reclamo pra caramba.
Eu perdi minha essência, sempre fui aquele cara que sempre tentou ser diferente, mas nunca deixando seu lado engraçado e divertido, mas desde que acabou um relacionamento conturbado em meados de fevereiro, a única coisa que comecei a fazer, foi reclamar, reclamar de absolutamente tudo.
Nossa, como é chato essa vida de reclamações, minhas conversas estão uma grande merda, e veja o que estou fazendo agora? Reclamando.
Irônico, apenas irônico. Mas tenho que desabafar, devo estar com vontade de vomitar toda essa angustia, mas não sei exatamente o que fazer, parece que tudo está errado, mas na real sei que quem está errado sou eu.
Como consertar tal defeito? Oh vida maldita, queria ajuda, pois parece que como diz a bendita musica de corno que estou ouvindo “O tempo já não passa, só anda pra trás”. Enfim não sei o que fazer, gostaria de ajuda, apenas isso.
Sei que talvez a resposta de todas as minhas perguntas seja apenas viva, pois a viver ultrapassa qualquer entendimento, palavras bonitas não? Infelizmente não consigo as colocar em destaque em minha vida.

7 comentários:

Marina disse...

Reclamar faz parte da vida. A gente dá um tropicão e não diz "nossa que pedra linda que estava no meu caminho". Mas a gente costuma aprender mais com as dificuldades do que com os momentos bons. Só temos que nos segurar para não nos tornarmos rancorosos e aí afastar tudo de bom que está ao nosso redor. Ria dos seus erros também. :)

reinaldo del trejo disse...

É, talvez começar a analisar melhor as falhas possa trazer um ar mais pacifico para a vida, e somente assim, a vida podera se tornar mais aceitavel, bom ponto de vista, mas é meio complicado rir de suas "cagadas", dificil, mas nao impossivel.Cou tentar faze-lo.

Juliana disse...

Acho que reclamar nao é tao ruim, dependendo de como se reclama.
O blog do Big John mesmo, é um monte de reclamação, mas contado com bom humor, o que nao deixa o clima tao pesado.
Tenta se soltar e se divertir mais, até com as coisas ruins.

reinaldo del trejo disse...

Aham,vou tentar fazer isso, tentar rir mais de mim mesmo, uma vez vi uma mensagem do Rafinha Bastos, que dizia que as pessoas apenas poderiam se sentirem bem a partir do momento em que rirem de seus defeitos, é obvio que isso seria mais bacana do que levar as coisas muito na seriedade, mas é meio dificil, vou ver se consigo, mas assim, valeu mesmo ..
Abras...

Léu Klebis disse...

Reclamação é o primeiro sinal de que algo esta errado.. mas se isso for constante e nada nunca lhe agrada, esta na hora de mudar seus pensamentos, seu foco..Rir do que ja passou ajuda a suavizar a carga dos seus erros, e te liberta das magoas que não permitem que as coisas voltem a andar.. se perdoe, tire sarro de si mesmo, sem ironias.. dê abertura à coisas novas e as pessoas que estam ao seu redor ;)

reinaldo del trejo disse...

ah sim léo, essa é a ideia, mas é meio complicado, parece que tudo ta errado, sei que tenho q parar de reclamar, mas a questao é que nao consigo tirar muito sarro de mim mesmo, as vezes tempo, mas com pouco sucesso, mas aos poucos vou tentando faze-lo para minha vida ficar um pouquinho menos maçante, fato esse que eu mesmo fiz aparecer...

Fabulosa Fabuladora disse...

Olá

tem coisas que não tem como não reclamar: a política, educação, injustiças, certos programinhas de tv, preconceitos, machismos nojentos...

Por isso eu resolvi desligar a tv, me afastar das pessoas nocivas e recomeçar um trabalho voluntário (que foi a forma que encontrei de amenizar o efeito de tantos descontentamentos)