quarta-feira, 10 de agosto de 2011

1+1 pode não ser 2


Não existe a verdade absoluta, começo o meu texto dessa forma, venho a partir deste para questionar a exatidão das matérias exatas, logo de começo já menciono que não existe nada exato.

É concreto o fato de meu ódio por esse tipo de matéria, mas nao irei afogar minhas mágoas nesse quesito, vamos começar a raciocinar.

Tudo é baseado em teoria, isso é fato, essas teorias geram uma série de conspirações que os adoradores de exatas julgam "Loucura" ou "Perda de Tempo", mas esquecem que sua tão amada área provém das teorias.

Não era loucura? Me pergunto, mas a ideia é que tudo vem a partir de teorias, ou seja nada é exato, sabe por quê? Essas perguntas eu respondo abaixo.

Teorias são uma serie de pensamentos e ideias que geram uma solução pensada para os problemas elaborados, ou seja, sabe a conta que você faz em sua calculadora e julga a extrema verdade? Simplesmente não prova absolutamente nada, pois é resultado de uma teoria.

Você deve estar se perguntando, então as teorias são falsas? Não necessariamente, pois as teorias são ideias e pensamentos que tentam buscar a verdade, logo, tem probabilidade de ser "exato", assim como também tem absurdamente igual a probabilidade de ser uma grande mentira.

Assim como a absoluta verdade está longe de ser encontrada, não ache que seus cálculos trazem certeza, pois sem dúvida, é um tiro no ar.

Teorias são descartáveis, lógico quando surge alguma que possa suprir a necessidade da anterior, isso não sou eu que digo e sim Kant, ou seja, não se estranhe se daqui alguns anos 1 + 1 ser igual a 7, Por quê não?

É claro que todos esses pensamentos trazem estranhamento a tona, ou quem sabe você agora pare de questionar os filósofos, pois se for observar atentamente, tudo é questão de idéias, tudo vêm a partir disso, os pensamentos são o início de todos os projetos considerados perfeitos.

Só não vá colocar isso em sua prova de Matemática, pois ai terei a certeza absoluta de sua nota que será um grande zero.

Nenhum comentário: